27/02/2018

Videoconferência e telepresença: afinal, são a mesma coisa?

videoconferencia-e-telepresenca-afinal-sao-a-mesma-coisa.jpeg

Com o desenvolvimento e o barateamento das tecnologias, trabalhar remotamente e conversar com pessoas de qualquer lugar do mundo estão se tornando atividades cada vez mais comuns e fáceis de realizar. E se colocarmos as soluções de videoconferência e telepresença na balança, o avanço nos níveis de comunicação à distância é ainda mais significativo.

Se antigamente somente o telefone permitia esse tipo de conversa, e apenas com áudio, hoje, com as videoconferências, uma pessoa pode ver a outra enquanto fala. Outra tecnologia que permitiu o avanço nas comunicações foi a telepresença, que levou as videoconferências para outro nível, tornando-as ainda mais realistas.

"Mas videoconferência e telepresença não são a mesma coisa?", você deve estar se perguntando. Na realidade, não. E esta diferença que vamos explicar a você neste artigo. Acompanhe!

O que é a telepresença?

A telepresença é uma tecnologia que proporciona uma experiência mais próxima a um encontro real, dando ao participante de uma reunião a sensação de estar próximo aos outros colaboradores enquanto, na realidade, eles estão em outros ambientes.

Essa solução combina tecnologia da informação com audiovisual e utiliza salas planejadas idênticas — iluminação, paredes, carpetes, móveis e demais itens são todos iguais — interligadas por uma conexão de internet de alta velocidade.

Telepresença imersiva

telepresença imersiva intensifica a sensação de que os participantes de uma reunião estão sentados do outro lado da mesa, possibilitando reuniões em que os participantes interagem como se estivessem frente a frente mesmo estando a quilômetros de distância uns dos outros. Tudo isso é possível com o auxílio de câmeras de alta definição (HD).

Os usuários veem seus companheiros em telas grandes, com imagens de qualidade e em tamanho real. Além disso, o sistema de som é planejado para que o áudio seja direcionado, reforçando a sensação de que os outros participantes estão sentados à sua frente no próprio local de reunião.

A utilização dessa tecnologia possibilita economia de tempo e recursos financeiros que seriam utilizados em viagens nacionais e internacionais. Além disso, promove a aproximação entre profissionais de locais diferentes — cidades, estados e países — sem a necessidade de se ausentarem de suas atividades diárias.

O que é videoconferência?

Uma videoconferência é muito simples de se realizar se comparada à telepresença, pois não depende de tantas instalações caras e complicadas. O serviço é muito mais acessível para todos os profissionais e para empresas de todos os tamanhos e orçamentos.

É uma tecnologia simples e fácil de manipular, sendo uma ferramenta flexível para as mais variadas demandas. A videoconferência não demanda equipamentos de custo elevado nem sofisticados, isso sem falar dos programas pesados e de preço elevado. A evolução da tecnologia permitiu que, por meio dos dispositivos mais modernos, seja iniciada uma comunicação a distância com apenas um toque na tela de seu aparelho.

Tudo o que você precisa para iniciar uma videoconferência simples e em alta definição é de um computador, tablet ou celular com câmera e tecnologia HD, uma conexão de internet e um software. Com essa pequena estrutura já é possível garantir uma comunicação eficiente, de forma prática e de baixo investimento.

Como a videoconferência pode me beneficiar?

Além das questões econômicas abordadas acima, utilizar a videoconferência para reuniões traz outros benefícios ao seu dia a dia. Confira alguns:

Ajuda na otimização de tempo

Sabe aqueles dias corridos, em que é impossível sair do escritório? Com uma chamada de videoconferência é possível interligar todas as pessoas importantes para reuniões emergenciais sem a necessidade de desmarcar compromissos, fugindo daqueles deslocamentos que tomariam boa parte do seu tempo.

Ao implementar esse sistema de baixo custo, os seus colaboradores poderão ser contatados a qualquer momento, independente do ponto do prédio ou da cidade em que eles estejam.

Não há mais a necessidade de as pessoas se locomoverem para um compromisso com um horário predeterminado e em um local específico. Reuniões periódicas, dependendo da situação do setor, podem diminuir a produtividade e aumentar os custos, que poderiam ser destinados a outros fins.

As tecnologias de videoconferências são a solução para a realização de treinamentos, palestras e reuniões com grande número de pessoas.

Permite mais empatia do que uma ligação telefônica

Poder ver uma pessoa, suas expressões e ter a possibilidade de uma interação mais natural, quase como se fosse presencial, gera mais empatia, confiança e maior proximidade. Esse tipo de interação leva ao engajamento, à seriedade e ao profissionalismo.

Com um bom serviço de videoconferência é possível ter esse interação sem os grandes custos de uma teleconferência imersiva.

Fornece maior mobilidade

Os avanços tecnológicos colocaram os computadores na palma de nossas mãos. Hoje, podemos fazer uma videoconferência em qualquer lugar sem termos que ficar presos em desktops ou salas específicas. Os smartphones e tablets são meios muito utilizados por quem está fora do escritório e não tem um computador à mão.

Se você estiver em sua casa e precisar se comunicar com urgência com alguém, basta tirar o telefone do bolso e iniciar uma videochamada, de forma simples. Como vimos anteriormente, o único requisito é que você tenha uma boa conexão com a internet e câmera no aparelho.

Existe diferença de preço entre as duas tecnologias?

Há uma grande diferença de preços entre videoconferêcia e telepresença. Uma videoconferência não demanda grandes equipamentos e pode até ser executada de forma gratuita — apesar de não ser a forma mais recomendada para ambientes profissionais. Para essas situações, é possível contratar uma empresa especializada por valores acessíveis.

Já a telepresença, dependendo do sistema que você contratar, poderá custar centenas de milhares de reais, principalmente se você optar por montar salas imersivas, com infraestrutura planejada.

Para setores públicos que fazem reuniões pontuais ou pequenos negócios, essa tecnologia pode acabar se tornando cara e ser pouco utilizada. Ela é mais recomendada para empresas de grande porte, com várias filiais e que fazem reuniões frequentes com muitos participantes.

Se você ainda não utiliza videoconferência e telepresença como forma de diminuir as distâncias no seu setor de trabalho, está perdendo uma grande chance de reduzir custos e dar mais autonomia para você e aos outros profissionais. Portanto analise qual opção será mais vantajosa para o seu serviço e comece agora a ganhar tempo e aumentar sua produtividade!

Videoconferência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *