15/03/2018

Afinal, como a videoconferência pode ajudar o setor de RH?

afinal-como-a-videoconferencia-pode-ajudar-o-setor-de-rh.jpeg

Diante da informatização dos negócios e dos trabalhos cada vez mais remotos, muitos gestores estão implementando novas ferramentas de trabalho. Elas reduzem custos e aumentam a flexibilidade de todos os profissionais, como é o caso da computação na nuvem e das ferramentas de comunicação.

Nesse sentido, não há dúvidas de que soluções como a videoconferência ajudam as empresas a aumentarem a produtividade e reduzirem custos. O investimento nessa tecnologia é uma estratégia eficiente para todos os departamentos, mas é no setor de RH (Recursos Humanos) que ela sobressai, agregando benefício de várias maneiras diferentes.

Isso porque a videoconferência pode ser utilizada para otimizar diversos processos internos e externos. Com o apoio desse meio de comunicação nas empresas, o gestor dá uma capacidade maior para que os profissionais de recursos humanos consigam auxiliar os profissionais de outras áreas a atingirem as suas metas e ter um melhor ambiente de trabalho.

Além disso, a videoconferência poder ser vista como uma tecnologia complementar aos recursos de mobilidade, como é o caso da nuvem. Se você não conhece as vantagens dessa ferramenta, acompanhe o post abaixo e descubra como a videoconferência é primordial para o RH da sua empresa.

1. Permite entrevistas cara a cara, mesmo a distância

Entrevistas telefônicas (áudio) ou por vídeos pré-gravados não proporcionam a mesma interação e experiência pessoal que você teria com uma chamada de vídeo em tempo real. A videoconferência permite que você obtenha uma impressão melhor do seu candidato e o avalie mediante reações espontâneas. As entrevistas a distância ficam mais próximas de um contato presencial, o que gera maior confiança nos registros de perfis do candidato e proporciona decisões mais acertadas.

Para o negócio, isso pode representar um fator estratégico. A contratação de novos talentos não ficará restrita ao mercado de trabalho local, ampliando a capacidade do negócio conseguir formar times bem estruturados e com pessoas de alta performance. Consequentemente, todas as rotinas internas apresentarão uma maior qualidade a médio e longo prazo, algo fundamental para manter consumidores fidelizados.

2. Reduz o tempo gasto com os processos

A videoconferência permite encurtar os processos de recrutamento, seleção e contratação. Isso porque possibilita a realização de entrevistas e reuniões com um número bem maior de candidatos em um período de tempo mais curto.

Se for necessário juntar todos os candidatos em uma sala ao mesmo tempo, você não precisará gastar tempo para a programação e preparação do ambiente. Basta marcar um horário em que todos possam entrar juntos na videoconferência e poderá realizar até uma dinâmica de grupo.

Isso reduzirá drasticamente os gastos com os processos de contratação, assim como a sua burocracia. Consequentemente, o empreendimento poderá manter-se sempre competitivo e com um time bem estruturado. Em momento de alta demanda, por exemplo, será mais fácil aumentar o time, eliminando as chances da companhia ter atrasos para entregar os serviços e os produtos que forem solicitados por clientes e parceiros comerciais.

3. Diminui os custos com viagens

Em uma organização com escritórios e profissionais de RH trabalhando remotamente e viajando para realizar entrevistas, reuniões e treinamentos, a videoconferência é fundamental. A maioria das viagens pode ser substituída por uma videoconferência, o que ajuda a reduzir custos e despesas com passagens, hospedagens e alimentação.

Além de economizar dinheiro, a empresa agrega maior produtividade aos dias de trabalho dos profissionais de RH. A definição de estratégias ou o atendimento às demandas internas será mais ágil. E com rotinas de atendimento menos burocráticas, o time do RH conseguirá manter a qualidade do ambiente de trabalho muito mais alta.

4. Facilita as reuniões internas

Para equipes que se dividem por diversas regiões, a videoconferência torna as reuniões internas mais fáceis e mais produtivas. Isso será algo que os times verificarão especialmente quando o negócio troca uma ferramenta de conferência de áudio ou uma simples chamada telefônica pela videoconferência como principal meio de comunicação a distância.

Imagine quanto tempo e dinheiro seria necessário gastar para reunir todos os profissionais e gestores em uma sala para discutir resultados. Com a videoconferência, isso pode ser evitado e a reunião não perde a qualidade, uma vez que todos conseguirão ouvir, falar e enxergar uns aos outros em tempo real.

Dessa forma, os processos de tomada de decisão podem manter a sua qualidade e agilidade, evitando que o negócio tenha dificuldades para realizar investimentos ou atender às demandas do mercado. Além disso, o alinhamento de estratégias e rotinas (algo fundamental para o sucesso de projetos, por exemplo) será feito com mais facilidade, reduzindo riscos.

5. Barateia os treinamentos

A videoconferência é uma ótima maneira de manter os profissionais da empresa atualizados com relação às novas políticas e procedimentos, especialmente os que trabalham de forma remota. Para oferecer cursos e aplicar treinamentos, não será necessário organizar ambientes e gastar dinheiro com transporte e alimentação. Marcar um encontro online, por meio de uma chamada de vídeo em tempo real, será suficiente.

Tenha em mente que os treinamentos corporativos fazem parte da rotina de qualquer empresa. Eles permitem ao negócio treinar profissionais para executar processos a partir de novos padrões, padronizar atividades e incorporar com mais qualidade novas tecnologias ao seu a dia a dia. Dessa forma, a empresa consegue maximizar o retorno obtido com os seus investimentos e evitar que o padrão de qualidade dos serviços internos caia.

Adotando a videoconferência, a capacidade do setor de Recursos Humanos executar treinamentos será ampliada ao máximo. A distância deixará de ser uma restrição para os profissionais da área, permitindo que o mesmo treinamento seja executado para vários times ao mesmo tempo.

Em outras palavras, o time do RH poderá passar o mesmo conteúdo informativo que seria ministrado presencialmente a várias pessoas. Ao mesmo tempo, a execução de testes de nível de aprendizado dos profissionais será feita sem a necessidade de investir tanto dinheiro, o que torna a capacitação bem mais em conta e rápida para a empresa

Uma companhia que possui um ambiente de trabalho mais diversificado ou uma estrutura interna de grande porte, por exemplo, poderá utilizar a videoconferência para diminuir o tempo e os gastos necessários para que os cursos e treinamentos sejam executados. Dessa forma, a integração de novas rotinas e ferramentas de trabalho será mais ágil e precisa. Consequentemente, a empresa conseguirá manter-se mais competitiva e aproveitar os benefícios dos seus investimentos com mais facilidade.

Modernizando rotinas e reduzindo custos

Como você pôde ver, a videoconferência ajuda modernizar a empresa, otimizando diversas operações. No setor de RH, isso é importante para passar uma impressão de empresa tecnologicamente atualizada aos candidatos e também aos colaboradores atuais, o que deve melhorar a vantagem competitiva do negócio e agregar valor à marca.

Criando um ambiente de trabalho de alta qualidade e com as soluções corretas, o negócio aumenta o engajamento de todas as suas equipes. Os times poderão atuar de maneira integrada na resolução de problemas e no atendimento às demandas do mercado. Dessa forma, a empresa terá uma rotina de trabalho de alto valor agregado, com baixos riscos e desperdícios de recursos, algo crucial para criar oportunidades de negócio.

Gostou dessa ideia e quer saber como investir na videoconferência conforme o perfil da sua empresa? Entre em contato com um dos nossos consultores agora mesmo e veja eles podem ajudar você a agregar esses benefícios ao negócio!

Videoconferência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *